Música: Como não amar as boybands

Grupos musicais formados unicamente por rapazes, com som pop e clipes coreografados. Como não amar as nossas queridas boybands!?

Esse estilo de banda, que se consagrou na década de 90 e arrancou suspiros das garotas da época, continua se desenvolvendo e se adaptando aos moldes e interesses de uma nova geração.

Essa vertente do POP surgiu durante a década de 60, na figura de grupos como o Jackson 5 (R.I.P. Michael) e o Temptations. Com um som mais voltado para o soul, os dois apresentavam características essenciais das boybands: rapazes bonitos, extremamente afinados e com pinta de “bom moço” em apresentações sempre coreografadas.

As décadas foram passando e outros garotos cantores surgindo para conquistar os corações das jovens fãs. Durante os anos 80, por exemplo, os porto-riquenhos do “Menudo” fizeram nossas mamães bailarem ao som de “Não se Reprima” (oi Ricky Martin!).  Foi nessa onda que grupos como o Polegar (do Rafael PIlha) e o Dominó ganharam destaque no Brasil.

Os anos 90 representaram um BOOM no mundo das boybands. É nessa época que ocorre a popularização de bandas como o New Kids On the Block (que nasceu no final da década de 80) e o surgimento de outras como Five, Westlife e N Sync e, uma das mais icônicas do gênero, os Backstreet Boys que continuam nas paradas até hoje e acabam de lançar um novo álbum “In a World Like This” (com o retorno de Kevin Richardson).

O Brasil não poderia ficar pra trás. Uma nova formação do Dominó e grupos como Twister e KLB surgiram no cenário das bandas pop masculinas no país nessa mesma década. No começo dos anos 2000, foi a Br’Oz quem fez a cabeça das garotas, após vencer o programa de talentos “Popstar” do SBT.

E hoje, o sucesso dessas bandas continua. Estão ai os garotos do One Direction, The Wanted e os brasileirinhos do P9 conquistando e mobilizando legiões de fãs.

Então se joga no pop e prepare as coreografias, porque hoje (e todo dia) é dia de BOYBAND!

Fontes consultadas: Rolling Stone / Toda Teen / G1

Videos: Youtube

Anúncios

Um comentário sobre “Música: Como não amar as boybands

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s